Litteratus

A escrita de si, presente nos escritos literários, traz à tona desejos e anseios… coloca em palavras o inconsciente. A palavra é estruturante. Torna real e enlaça o objeto que, momentaneamente, realiza o desejo.  Mergulhar nos escritos de poetas nos leva ao encontro de nós mesmos. Em um mundo cada vez mais hostil ao pensamento livre e libertário, adentrar ao mundo da literatura é um ato de resistência.

Nesse blog, trarei algumas leituras minhas acerca dos livros e biografias de meus escritores favoritos. São escritores que desvelam a alma humana e com cujos heróis nos identificamos. Além disso, fazer um ponte com a compreensão freudiana da psique é quase inevitável. Freud, juntamente com Machado de Assis, Balzac, Eça de Queiroz, Dostoiévski, Shakespeare, Drummond, Clarice, Virginia Woolf, Saramago, Borges, Guimarães Rosa, Pessoa…., compreendem e traduzem o humano e a cultura de forma singular.

Esse também será um canal de divulgação das discussões que tenho conduzido junto a colegas e alunos/as que integram os seguintes projetos de pesquisa e extensão que coordeno na Universidade Federal de Goiás: Tertúlia Literária – grupo de leitura; e Narrativas e rememorações – grupo de estudos e pesquisa.

Além de trazer textos de minha autoria, vez por outra minha filhota também escreverá sobre os livros que ela está lendo. Especialmente do mundo potteriano e textos narrativos de sua autoria.

Faço um convite a caminharmos e nos deleitarmos…

2 comentários em “Litteratus

Deixe uma resposta para Clarice Menezes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s